Jogadores do Golden State Warriors exaltam a Jesus

Kevin Durant e Stephen Curry falam sobre sua fé

0

 

Os astros da NBA Kevin Durant e Stephen Curry levaram seu timo, Golden State Warriors, a mais um título, vencendo os Cleveland Cavaliers por 129 a 120. Foi o quinto título da história dos Warriors e o segundo em três anos.

Além do título, Durant foi escolhido como o melhor jogador do campeonato. Embora festejados pela mídia pelas suas atuações, os dois principais jogadores do Warriors seguidamente têm suas declarações de fé em Jesus omitidas pelos meios de comunicação.

Kevin Durant disse recentemente que costuma orar “antes de cada jogo” e que lê a Bíblia “o tempo todo”. Segundo ele, as Escrituras o “impulsionam” dentro e fora da quadra e que “me dizem como eu posso viver para o Senhor e reconhecer tudo o que Ele tem feito por mim”

Depois de ter perdido o título da NBA em 2013, quando jogava no Oklahoma City Thunder, somente agora, aos 28 anos, viu sua carreira finalmente alcançar o patamar dos grandes jogadores.

Membro da Hillsong Church, em Nova York, onde se batizou em 2013, declarou à imprensa: “A Bíblia ensina que o Senhor exalta a humildade e isso é algo que eu tento buscar o tempo todo… A humildade precede a honra”, lembrou, numa referência a Provérbios 15:33. “Tenho de ser grato ao Senhor pelos presentes que me deu. Eu tento retribuir isso sempre sendo humilde e trabalhando o mais duro que puder”.

Já Stephen Curry, eleito o melhor da NBA de forma unânime em 2016, recebeu um pedido da NBA para que parasse de “falar sobre religião”, mas ele não parece disposto a isso.

Curiosamente, ele usou nas finais um tênis, do modelo criado por ele para a Under Armour, onde está na lingueta escrito “Posso todas as coisas”, uma citação direta de Filipenses 4:13.

“Não quero passar às pessoas essa ideia de que eu sou perfeito ou que você precisa ser perfeito para encontrar seu chamado”, disse Curry a um grupo de repórteres. “Toda vez que você colocar esse tênis, terá uma boa lembrança do que é possível. ”

Em outra ocasião, o jogador escreveu um artigo para o site Sociedade de Atletas Cristãos, onde falou sobre seu amor por Jesus. “Eu sei que tenho um lugar no céu esperando por mim por causa dele. Isso é algo que nenhum prêmio ou troféu terreno poderá superar”.

 

 

Artigos relacionados